fbpx

Ações da Tesla voltam a subir

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Estes últimos dias têm sido bastante difíceis para a empresa norte-americana, Tesla ($TSLA), após as suas ações terem terminado com uma queda de 12% esta terça-feira devido (mais uma vez) a um tweet do CEO, Elon Musk, que planeia vender 10% das ações da empresa. 

Contudo, as ações da empresa voltaram em alta, subindo cerca de 4,9% – para os 1.074,57 dólares por ação – depois das mesmas terem caído no início da sessão, colocando o valor de mercado da Tesla abaixo dos 1 bilião de dólares. Na abertura do índice de mercado Nasdaq, a cotação das ações manteve a direção negativa, nos 1.039,22 dólares.

O CEO da Tesla enfrenta uma fatura fiscal de mais de 15 mil milhões de dólares nos próximos meses em stock options, tendo assim a intenção de vender mais capital da empresa. O empreendedor e filantropo sul-africano-canadense perguntou aos seus 63,2 milhões de seguidores no Twitter se devia vender 10% da sua parte na Tesla. “Proponho vender 10% das minhas ações da Tesla”. Quase 58% disseram que apoiariam a venda.  Musk diz que vai “respeitar os resultados desta sondagem, seja qual for o rumo”.

Esta queda nas ações balanceou as apostas nas options da Tesla para o lado bearish, com as opções de venda (put options) a ultrapassar as opções de compra (call options) pela primeira vez em cerca de duas semanas, de acordo com os dados da Trade Alert. 

Estas alterações e oscilações por parte dos investidores possivelmente refletem as suas tentativas de lucrar com o momentum das ações (um indicador que reflete um certo padrão no comportamento dos preços das ações e que pode, inclusive, ser útil para sinalizar a direção ou tendência do ativo por um período prolongado de tempo), em vez de opiniões fixas sobre qual será  a direção das ações da empresa no longo prazo. 

“É a natureza especulativa das ações”, disse Brian Overby, analista sénior da Ally Invest. As opções de compra que desembolsariam se cada ação da Tesla terminasse acima de 1.100 e 1.200 dólares na sexta-feira, foram os dois contratos mais negociados.

No geral, as ações da Tesla subiram mais de 47% este ano, mais do dobro em relação a 2020. A empresa está numa fase de potencial crescimento, está “a vender praticamente todos os veículos que pode construir e está a preparar novas “gigafábricas” multibilionárias perto de Berlim e Austin, que aumentarão significativamente sua capacidade de produção anual.”  

O seu modelo de negócios inovador, a onda de investimento em carros elétricos e baterias recarregáveis (75% a mais do que o previsto há menos de três anos atrás) faz com que as ações da Tesla estejam agora apreciadas em  “mais de duas vezes o valor combinado da Volkswagen AG ($VWAGY), Toyota Motor Corp ($TM), Ford Motor Co ($F) e General Motors Co ($GM)”- e pode ser um fator para as ações da Tesla estarem novamente a subir.

Autora: Margarida Fernandes

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Últimas notícias

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img