fbpx

Aderir à Internet por satélite de Musk custa mais que salário mínimo

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O serviço de Internet de Elon Musk, a Starlink, que se apresenta como fornecedor de Internet banda larga de alta velocidade e baixa latência em todo o globo, está agora mais caro em Portugal. 

Após ter chegado ao país em agosto de 2021, a Starlink de Musk chocou muitos portugueses pelo seu elevado custo de adesão, que totalizava 560 euros. 

Contudo, o CEO tranquilizou a população afirmando, na sua conta do Twitter, que os preços iriam descer, “a Starlink é um esforço técnico e económico assombrosamente difícil. No entanto, se não falharmos, o custo para os utilizadores finais vai melhorar a cada ano”, afirmou. 

Ainda assim, menos de um ano depois deste anúncio a empresa tem novos preços, e o sentido da sua evolução não corresponde ao prometido.   

Com a atualização dos preços do serviço em Portugal, a adesão custa agora 726 euros, o que corresponde a uma subida de quase 30% no seu preço, superando o salário mínimo nacional.

Este aumento deriva do atual contexto de aceleração da inflação e dos constrangimentos nas cadeias de abastecimento, severamente agravados pela guerra na Europa. Adicionalmente, este foi ainda acentuado como resultado da escassez de componentes que tem assolado a produção de equipamentos eletrónicos. Ou seja, no ano passado um cliente português conseguia aderir ao serviço que promete ter potencial para levar Internet por satélite a todos os locais do país, por 499 euros, tendo direito a um kit com parabólica, router Wi-Fi, fonte de alimentação e a um tripé. Assim, e tendo em conta que o custo de portes de envio correspondia a 61 euros, a mensalidade do serviço correspondia a 99 euros, o custo total inicial para subscrever o serviço atingia os 560 euros.

Agora, e com as novas atualizações nos preços do serviço nas mais diversas zonas do país, o valor decompõe-se em 649 euros pelo kit com parabólica, e uns adicionais 77 euros de portes de envio. Apenas o valor da mensalidade se manteve, nos 99 euros/mês, mas com os restantes aumentos, o custo total inicial é 726 euros, mais 166 euros que o ano passado.

Esta subida não se fez sentir apenas em Portugal, uma vez que ocorreu também noutros países onde a empresa de Elon Musk está presente, apresentando-se este aumento como uma barreira para potenciais novos aderentes. 

Autora: Ana Rita Ribeiro

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoinBitcoin
$ 20,777.00
$ 20,777.00
2.57%
ethereumEthereum
$ 1,191.31
$ 1,191.31
2.74%
xrpXRP
$ 0.353913
$ 0.353913
3.15%
cardanoCardano
$ 0.48855
$ 0.48855
4.2%

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img