5 desafios de poupança para animar as finanças

Poupar dinheiro pode ser um desafio, não só porque nem sempre conseguimos ter o dinheiro disponível, mas também porque, podemos admitir, pode ser um tema algo chato. No entanto, há muitas maneiras divertidas de animarmos as nossas finanças e pouparmos mais. Neste artigo vamos ver quatro diferentes “jogos” que podemos fazer para poupar dinheiro

Desafio 1: O desafio de 52 semanas

O desafio de poupar dinheiro durante 52 semanas é exatamente o que parece: poupa-se uma quantia por semana durante 52 semanas. Todas as semanas, idealmente logo no início da mesma, colocamos na nossa poupança o valor que estiver destinado a poupar nessa semana. E que valor é esse? Temos duas hipóteses:

  • Modo Crescente: Na semana 1 colocamos 1€ de parte, na semana 2 colocamos 2€ e por aí em diante. Isto significa que nas últimas semanas estaremos a poupar 50€, o que pode ser um desafio á primeira vista. No entanto, devemos sempre pensar que, na verdade, apenas temos de encontrar mais 1€ do que na semana passada. Se na semana 50, conseguimos encontrar 50€ no nosso orçamento para colocar de lado, então na semana 51 só temos de encontrar mais 1€.
  • Modo Decrescente: O funcionamento é o inverso do modo crescente, ou seja, na semana 1 vamos poupar 52€, na semana 2 poupamos 51€ e por aí em diante. Este modelo tem duas vantagens: no início, quando a motivação está em alta, tratamos logo dos valores maiores e, por outro lado, em vez de termos de encontrar 1€ adicional por semana como modo crescente, aqui conseguimos “libertar” 1€ a cada semana que passa.

Então e o resultado, qual será? Se for tudo cumprido religiosamente, são mais de 1.300€ poupados num ano, especificamente 1.378€.

Este modelo pode ser facilmente adaptado para valores semanais maiores ou menores, conforme a disponibilidade e os objetivos de cada um. A ideia base, e que deve ser cumprida, é que se torne uma prática semanal e, por isso, nos habitue a regularmente colocar dinheiro de parte. Mesmo que até tenhamos o dinheiro disponível para antecipar 2 ou 3 semanas de poupança, devemos evitar fazê-lo. Isto vai ensinar-nos a importância de gerir o nosso dinheiro em todos os aspetos.

Desafio 2: O jogo do bingo

O jogo do bingo é divertido de jogar, e pode também ajudar-nos a poupar dinheiro. O desafio é semelhante ao das 52 semanas, mas funciona de forma híbrida, ou seja, não é constantemente crescente ou decrescente.

Neste desafio, vamos então utilizar uma folha de bingo, com 52 quadrados, por exemplo, 26 por 26 espaços e em cada um desses espaços vamos escrever um número entre 1 e 52.

Depois, todas as semanas vamos riscar um desses números e colocar de parte o valor correspondente. A escolha do nosso número fica completamente ao nosso critério e assim podemos gerir de acordo com a disponibilidade da nossa carteira nessa semana em específico. Se estamos numa altura mais tranquila do nosso orçamento, por exemplo, nos meses de subsídios de férias ou Natal, podemos aproveitar para riscar os números maiores, deixando assim os números mais pequenos para alturas mais desafiantes.

O resultado? Serão os mesmos 1.378€ do desafio das 52 semanas, apenas chegamos lá numa velocidade diferente dependendo das nossas escolhas.

Desafio 3: Dias sem gasto

Neste desafio vamos definir dias em que nos proibimos de gastar dinheiro, com as devidas precauções, como é óbvio. Se tivermos um imprevisto de saúde nesse dia, claro que o vamos resolver e passar o dia “sem gastos” para outra altura.

Quem começa este desafio pode definir um período maior, por exemplo, 1 dia por mês e à medida que vai ganhando confiança e cumprindo o desafio pode ir reduzindo a frequência para 1 dia a cada 2 semanas e depois 1 dia por semana, por exemplo. O objetivo é sentirmo-nos constantemente desafiados e a tentar ir cada vez mais longe.

O resultado que vamos alcançar é altamente imprevisível, porque se tivermos um dia sem gastos e no dia a seguir formos gastar mais do que o habitual, o nosso resultado vai ser exatamente o mesmo.

No entanto, este modelo tem uma enorme vantagem: reduzir as compras por impulso que, como sabemos, são uma realidade de muitas pessoas. Ao termos dias em que nos obrigamos a não gastar dinheiro, e assumindo que os vamos cumprir, se tivermos um desses “desejos” de compras nesse dia, então vamos evitá-los e, possivelmente, muitos deles vão acabar por passar e a poupança acontece.

Desafio 4: Desafio dos trocos

Este desafio é fácil de estabelecer e manter, e é uma ótima maneira de ver quanto dinheiro se pode poupar apenas colocando de lado pequeníssimos valores.

Primeiro passo é definir o que são “trocos”. Serão moedas até 10 cêntimos? Até 50? Cada um saberá, melhor do que ninguém, o que define como trocos.

Com esse valor em mente, o desafio é todos os dias, ao chegar a casa, abrir a carteira e retirar todos esses trocos para um “porquinho mealheiro”, literal ou não. O desafio é fazer isto todos os dias durante um mês, para começar. Provavelmente, ficaremos agradavelmente surpreendidos com o que a consistência de poupar “trocos” nos consegue trazer.

Desafio 5: Desafio da moeda

Para este desafio vamos definir, em primeiro lugar, qual o valor da moeda (ou nota) que vamos usar para este desafio. Isto permite, mais uma vez, que cada um de nós adapte o desafio à sua própria realidade.

Vamos assumir, por exemplo, que definimos a moeda de 50 cêntimos para o nosso desafio.

O que vamos fazer é simples: sempre que tivermos moedas de 50 cêntimos na nossa carteira estamos proibidos de as gastar e elas revertem para o nosso “porquinho mealheiro”, mais uma vez, literal ou não. A razão deste desafio é ajudar-nos a aprender e reconhecer o valor do que temos, assim como ver se conseguimos resistir à tentação de gastar. Por exemplo, se mudarmos de ideias sobre algo numa loja e quisermos comprá-lo mais tarde, mas já só temos moedas de 50 cêntimos, então estamos sem sorte.

Há muitas formas divertidas de poupar se mantivermos uma mente aberta

A melhor maneira de poupar dinheiro é encontrar uma maneira que funcione para nós. Algumas pessoas preferem reservar uma certa quantia todas as semanas, enquanto outras preferem colocar dinheiro em poupanças automaticamente assim que são pagas. Qualquer que seja o método que funcione melhor para o nosso estilo de vida, é aquele que devemos fazer! Nunca seremos capazes de poupar se não fizermos um esforço.

Pode levar algum tempo e paciência antes de atingirmos os nossos objetivos de poupança, mas devemos manter fiel ao plano! Quanto mais vezes guardarmos o nosso dinheiro, mais hipóteses temos de alcançar os nossos objetivos financeiros.

Se precisarmos de uma motivação extra, a ideia d犀利士 e fazer estes desafios juntamente com amigos ou família pode ser útil. Dessa forma, gera-se um tipo de competição amigável, espera-se, entre os vários participantes e todos nós gostamos de uma boa competição. Para quem participar nessa competição, encontrem um prémio qualquer para partilharem entre todos no final e recompensar o vencedor. Por exemplo, se estiverem 5 amigos a fazer o desafio, no final vão todos jantar juntos e o vencedor do desafio não paga.

Espero que estas dicas tenham ajudado a repensar a forma como poupamos dinheiro. A melhor maneira de poupar dinheiro é começar e e torná-lo um hábito. Sei que nem sempre é fácil, mas também sei que se estivermos dispostos a aceitar um dos desafios e a trabalhar nele, conseguiremos alcançar bons resultados!

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img