Tesla, Nikola e Hyliion: corrida ao mercado de camiões elétricos

A revolução dos veículos elétricos já vai para além dos carros de 5 portas que estamos acostumados a ver. Tesla ($TSLA), Nikola ($NKLA) e Hyliion ($HYLN) estão na vanguarda de um mercado de camiões elétricos que se estima que valha 1,5 biliões de dólares, segundo o banco suíço UBS.

Os mesmos esperam que, nos próximos anos, o mercado global de camiões seja maioritariamente composto, tanto por camiões com baterias elétricas, como por células de combustível alimentadas por hidrogénio. Pelo ano de 2030, é esperado que estes últimos sejam mais baratos do que camiões a diesel, que predominam no atual mercado global de camiões.

Na frente da corrida pela maior fatia deste mercado encontra-se, naturalmente, a Tesla. Com o Semi Truck já apresentado no início de 2020, que conta com uma autonomia de 450 a 750 quilómetros e um preço que ronda os 150.000 dólares, a Tesla pretende entregar os primeiros veículos no final do presente ano.

Para além das três empresas anteriormente mencionadas, também a Rivian, a Lion e a Chanje são igualmente companhias de camiões elétricos, atualmente privadas, mas com intenções de se tornar públicas nos próximos meses.

Aliado ao crescimento de empresas de camiões elétricos, o banco suíço UBS espera, de igual forma, que as infraestruturas de carregamento elétrico e combustíveis verdes aumentem significativamente. Isto fará com que empresas como a Quanta Services ($PWR) e Albemarle ($ALB) beneficiem da procura por estes veículos elétricos de maior dimensão.

Autor: Pedro Alves | Fonte: MarketWatch

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img