Tesla bate recorde de entregas num trimestre

spot_imgspot_img

A mobilidade elétrica encontra-se cada vez mais presente na frota automóvel mundial em grande parte graças à Tesla. A empresa tem apostado fortemente nas suas fábricas de produção na Europa, mais respetivamente, na gigafactory localizada na Alemanha e nos Estados Unidos da América. Dado o investimento em tecnologias mais inovadoras e mais eficientes, a empresa automóvel norte-americana bateu o recorde de entregas de veículos num trimestre.

No terceiro trimestre deste ano, a empresa entregou um total equivalente a 344 mil veículos, embora o problema agora seja totalmente logístico, uma vez que a empresa chefiada por Elon Musk, apresenta capacidade de produção para ultrapassar o recorde de entregas.

Segundo as intenções da organização, o objetivo passa por escalar a produção do Tesla Model 3 e Model Y, uma vez que o primeiro consiste num dos best-sellers da empresa e o segundo, foi o mais recente lançamento da marca que apresenta novas tecnologias e um novo paradigma: um novo SUV. Ainda que existam metas ambiciosas por parte de Elon Musk para o quarto trimestre do ano, existem preocupações económicas como o abrandamento da economia e aumentos dos preços de várias componentes dado os níveis de inflação existentes, que preocupam o CEO e podem comprometer os objetivos da empresa. 

Desta feita, em termos de produção, a Tesla fechou o trimestre com 365.923 mil veículos produzidos, sendo que, nos primeiros nove meses do ano, a Tesla soma 929.910 automóveis produzidos e 908.573 unidades entregues aos clientes.

Nos dois modelos anteriormente referidos, em termos de produção, a Tesla revelou que para os Modelo 3 e Modelo Y o valor do trimestre atingiu os 325.000 carros elétricos. Já nos modelos mais caros, o Model S e o Model X, a marca teve uma produção que ficou apenas algumas unidades abaixo dos 20.000 carros elétricos.

Os custos do transporte para as entregas têm sido um problema para a Tesla, estando a marca a procurar reduzir este valor. No final do ano passado, Musk disse aos seus funcionários que deixassem de procurar aumentar o volume de entregas trimestrais e se concentrassem em reduzir o valor dos transportes e das entregas.

Este é mais um excelente resultado para a Tesla, que recupera assim de um trimestre menos positivo. A marca está a apostar em novos métodos para garantir melhores preços e garantir que cada vez mais consumidores, consigam adquirir os seus automóveis, que se caracterizam como minimalistas e tecnológicos, embora ainda dispendiosos para muitas carteiras, principalmente na Europa.

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img