Guerra fria tecnológica: tensão entre China e Japão

A China ameaçou retaliar caso o Japão não reveja as novas restrições às exportações de chips, o que fez com que as ações dos fabricantes de semicondutores caíssem.

O protesto da China aumenta a possibilidade de maior tensão entre o país e outros numa Guerra Fria tecnológica latente. 

A Nvidia ($NVDA) caiu 1%. A Intel ($INTC) recuou 0,3%, a Micron ($MU) caiu 0,4% e a Qualcomm ($QCOM) perdeu 0,1%.

O Ministério do Comércio da China pediu ao Japão para alterar a sua prática “errada” depois de o país ter anunciado na semana passada que restringiria 23 tipos de equipamentos de fabricação de semicondutores. O anúncio do Japão foi um passo em direção à sua aliança com os EUA.

“A China tomará medidas decisivas para salvaguardar os seus direitos e interesses se o Japão insistir em obstruir a cooperação da indústria de chips entre os dois países”, disse o ministério em comunicado.

Os EUA implementaram uma série de medidas para evitar que os chips mais avançados sejam produzidos na China, por receios de que possam ser usados para fins militares – e encorajaram os seus aliados a adotarem medidas semelhantes. A China apresentou uma queixa formal sobre as restrições de chips à Organização Mundial do Comércio em dezembro.

Notas sobre as empresas de semicondutores em questão

A Nvidia é uma empresa norte-americana que se dedica ao desenvolvimento de unidades de processamento gráfico (GPU) para jogos e computação profissional. Desde o dia 1 de janeiro de 2023, a empresa apresentou um crescimento de 91,78%.

A Intel, também norte-americana, é uma empresa que projeta e fabrica processadores de computador e outros produtos relacionados. Desde o início do ano de 2023, apresentou um crescimento de 23,83%.

Já a Micron é uma empresa norte-americana que se dedica à fabricação e venda de produtos de memória e armazenamento de dados, tais como memória flash, DRAM e SSDs. Desde o dia 1 de janeiro de 2023, apresentou um crescimento de 13,70%.

Por fim, temos a Qualcomm, uma empresa norte-americana especializada em semicondutores e tecnologia de comunicação sem fio, que apresentou um crescimento de 14,09% desde o início do ano de 2023.



DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img