fbpx

Taxa de poupança das famílias desce para 15% na zona euro

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A taxa de poupança das famílias da zona euro caiu para 15% no terceiro trimestre de 2021, menos 4 pontos percentuais do que no trimestre anterior, segundo dados divulgados pelo Eurostat, esta terça-feira, dia 11 de janeiro. Este é o valor mais baixo desde o início da pandemia, no primeiro trimestre de 2020.

A taxa de poupança das famílias desceu, então, de 19% no segundo trimestre de 2021 para 15% no terceiro trimestre. Esta descida é explicada pelo aumento do consumo das famílias em 5,8%, tendo ocorrido uma subida do rendimento disponível bruto a uma taxa muito inferior, de cerca de 0,8%, segundo o gabinete de estatísticas europeu.

Desde o início da pandemia que a taxa de poupança das famílias estava em alta, tendo disparado de 12%, no primeiro trimestre de 2020, para valores recorde de cerca de 25%. Com os vários avanços e recuos dos confinamentos por toda a Europa, esta taxa tem sofrido oscilações, atingindo agora o valor mais baixo desde o início da pandemia.

Ainda assim, e segundo o Eurostat, esta taxa é “mais alta do que qualquer valor desde o início da série até ao surgimento da pandemia, entre 1999 e 2019”.

Fonte: Eurostat

Visto que a pandemia obrigou os governos europeus a vários confinamentos durante o ano de 2020 (e ainda em alguns períodos de 2021), as atividades de consumo das famílias foram bastante condicionadas. Mais recentemente, com o cumprimento dos planos de vacinação e a reabertura das economias, deu-se uma normalização da atividade e, consequentemente, uma maior utilização do rendimento disponível no consumo.

Em Portugal, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de poupança das famílias encontra-se abaixo da média da zona euro, mantendo-se nos 11,3% do rendimento disponível, no terceiro trimestre do ano passado. Tal como na zona euro, esta taxa também está em queda em Portugal.

Enquanto se dá esta quebra significativa da poupança na zona euro, aumenta, por outro lado, a taxa de investimento das famílias que sobe, assim, de 9,4% para 9,6% no terceiro trimestre de 2021, sendo este o valor mais alto registado desde 2009.

Autor: Leonor Mendes Correia

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoinBitcoin
$ 23,918.41
$ 23,918.41
0.98%
ethereumEthereum
$ 1,877.30
$ 1,877.30
2.07%
xrpXRP
$ 0.376548
$ 0.376548
0.19%
cardanoCardano
$ 0.563074
$ 0.563074
1.36%

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img