Semana de quatro dias: Maioria dos empresários considera pouco vantajosa

De acordo com o inquérito realizado pela Associação Empresarial de Portugal, cerca de 71% dos gestores prevê que a semana de quatro dias de trabalho irá representar um impacto negativo principalmente ao nível dos lucros. Em contrapartida, 83% dos gestores considera que esta medida seria deveras positiva para o bem-estar dos colaboradores.

Medida “nada vantajosa”

Mais de metade dos empresários inquiridos, considera “nada vantajosa” a medida da semana de quatro dias de trabalho, mesmo admitindo um corte salarial de 10% e um apoio financeiro do Estado com o intuito de coadjuvar a transição para o novo modelo. De acordo com as respostas dadas pelos empresários no âmbito do inquérito realizado pela Associação Empresarial de Portugal é seguro afirmar que estes consideram que os principais beneficiados com esta medida seriam os colaboradores e não as empresas.

Cenário mais vantajoso na ótica dos gestores inquiridos

De todos os cenários apresentados para a implementação da semana de quatro dias de trabalho, o que reúne mais consenso na esfera dos gestores é o seguinte: redução de 10% nas horas trabalhadas, sem cortes de salário e com apoios financeiros do Estado que auxiliem na transição. Do universo dos inquiridos, cerca de 8% dos empresários considera este cenário “muito vantajoso” e 15% “vantajoso”. 

Áreas nas quais a implementação desta medida traria um impacto negativo

Tendo como base a ótica dos empresários, estes consideram que as principais áreas nas quais a implementação desta medida traria um impacto negativo seriam as seguintes: lucro, queixas dos clientes, organização dos processos internos, competitividade e produtividade.

Satisfação no trabalho

Apesar de alguns empresários considerarem que estaríamos perante uma medida benéfica para o bem-estar de todos os envolvidos no processo produtivo, fatores como a satisfação no trabalho, a intenção de permanecer na empresa, ou mesmo o nível de comprometimento com a organização mantêm-se neutros. 

Vantagens não são suficientes para convencer os empresários

As vantagens inerentes à implementação da medida da semana de quatro dias de trabalho não são suficientes para convencer os empresários de que esta seria uma temática prioritária neste momento. Um acordo entre o trabalhador e a empresa em relação ao modelo de trabalho a adotar seria, de acordo com os gestores inquiridos a melhor medida a tomar. 

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Artigos Relacionados

spot_img