fbpx

Recuperação de Wall Street com impulso da Microsoft

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Nos últimos dias, as ações americanas conseguiram ultrapassar perdas recentes, com os índices S&P 500 ($^GSPC) e Nasdaq a alcançar ganhos em transações intradiárias na sexta-feira, sendo que os ganhos nas ações da Microsoft contribuíram para o anulamento das perdas nas ações da Amazon e da Apple, após registarem uma diminuição nos ganhos trimestrais de vendas online e na produção de iPhones – no caso da Apple.

As ações da Apple caíram 2,2% após ter sido divulgado que o impacto de perturbações nas cadeias de distribuição será pior nas vendas deste trimestre. O mesmo aconteceu com a Amazon, que também teve perdas no valor das suas ações, prevendo uma diminuição das vendas neste trimestre devido a uma escassez de mão de obra.

Por outro lado, temos as ações da Microsoft que atingiram valores nunca antes registados aproximando o valor de mercado da Microsoft a 2.5 triliões de Dólares, ultrapassando o valor de mercado da Apple que é, aproximadamente, 2.46 triliões de Dólares.

Em relação aos índices bolsistas, verificou-se que o Dow Jones Industrial Average ($^DJI) teve uma diminuição de 0,02%, o S&P 500 registou uma perda de 0,07%, e por último o Nasdaq Composite que diminuiu 0,05%.

Na passada quinta-feira, as ações da Apple aumentaram 2,5%, e as ações da Amazon tiveram um ganho de 1,6%, contribuindo para que o S&P 500 e da Nasdaq atinjam valores de encerramento recorde. De acordo com dados da Refinativ, 82,1% das empresas no S&P 500, que publicaram os seus resultados ao longo da manhã de sexta-feira, tiveram ganhos acima das expectativas.

Os participantes dos mercados têm estado atentos à capacidade das empresas em lidar com a falta de mão de obra, pressões inflacionistas e problemas com as cadeias de distribuição, que ajudaram os investidores a ter uma melhor perceção do cenário macroeconómico, caracterizado pelo facto de a Reserva Federal diminuir as compras de obrigações, brevemente.

Assim concluímos que, os índices bolsistas sofreram algumas oscilações, uma vez que, nas últimas 52 semanas o S&P 500 teve 46 altos e 4 baixos, enquanto que o Nasdaq Composite registou 107 altos e 65 baixos.

Autor: Mateus Fernandes

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Últimas notícias

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img