fbpx

Putin reconhece valor nas criptomoedas

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

No seguimento de uma entrevista concedida à CNBC, Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu valor e utilidade na adoção de criptomoedas. Segundo o presidente russo, “as criptomoedas têm o direito de existir e podem ser usadas como meio de pagamento”.

Contudo, numa atitude cautelosa e prudente, Putin considera prematura a utilização das criptomoedas nas transações comerciais que envolvam produtos como o petróleo e outras commodities exportadas pela Rússia.

Estas afirmações por parte do presidente da Rússia surgem depois da China, a 24 de setembro do corrente ano, ter considerado ilegais as transações que envolvessem criptomoedas. De notar que, de acordo com o website Yahoo Finance, aquando do anúncio da ilegalidade das trocas comerciais com criptomoedas por parte do Banco Popular da China, a Bitcoin ($BTC-USD) registou uma quebra de cerca de 4,5% do valor da sua cotação. Outras moedas como a Ethereum ($ETH-USD) e a Litecoin ($LTC-USD), cujas cotações costumam estar indexadas à cotação da Bitcoin, também foram alvo de degradações dos seus valores.

Os EUA, atualmente a maior economia do mundo, têm reunido esforços numa tentativa de regulamentar o mercado das criptomoedas. Gary Gensler, presidente da SEC (Securities and Exchange Commission) tem sido uma das vozes mais apelativas à regulamentação das criptomoedas. Um dos argumentos do próprio consiste no facto de não existirem mecanismos suficientemente eficazes para proteger os investidores de eventuais fraudes e manipulações de que possam vir a ser alvo.

O mercado das criptomoedas é conhecido pela sua alta volatilidade e imprevisibilidade. No entanto, a aderência ao mesmo tem evoluído em sentido crescente. Segundo o noticiado no website do Bloomberg, 7,1 biliões de dólares de capitalização de mercado relativos a pelo menos cinquenta e duas empresas, dentro das quais a Tesla Inc. ($TSLA), estão expostos a riscos relacionados com as criptomoedas.

No sentido de alertar e informar os investidores (e, também, os potenciais investidores), a MSCI Inc ($MSCI) agrupa os riscos adjacentes às criptomoedas em três grupos, nomeadamente riscos ambientais, sociais e de governance.

Primeiramente, quanto aos riscos ambientais, surge o facto de o processo de mineração das criptomoedas estar associado a elevadas emissões de gases de efeito de estufa. Quanto maior é a dimensão da moeda, maiores são os danos ambientais causados.

No que concerne aos riscos sociais, são apontados fatores como a falta de informação e literacia financeira por parte dos investidores. Naturalmente, também podem surgir adversidades para com as empresas que aceitem as criptomoedas como método de pagamento.

Finalmente, no âmbito dos riscos associados ao governance, as empresas que aderirem à utilização de criptomoedas podem ter que vir a adaptar as suas políticas e práticas de gestão. Medidas como o aumento da cibersegurança, e reforço de políticas vocacionadas para o combate ao branqueamento de capitais, podem ter que vir a ser tomadas.

Autor: Alexandre Lima

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoinBitcoin
$ 47,478.00
$ 47,478.00
16%
ethereumEthereum
$ 3,941.09
$ 3,941.09
13.57%
binance-coinBinance Coin
$ 540.31
$ 540.31
12.71%
xrpXRP
$ 0.782373
$ 0.782373
19.78%
cardanoCardano
$ 1.36
$ 1.36
17.74%

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img