PSI instala-se em território verde ao contrário das principais bolsas europeias

spot_imgspot_img

PSI, Portuguese Stock Index, é um índice que simboliza a cotação das 20 maiores empresas cotadas na Bolsa de Lisboa. É o principal índice, a olhos vistos, para os investidores no mercado de capitais português instalando-se em território verde, ao contrário das principais bolsas europeias que estão em declínio. 

Neste índice os investidores alocam o seu capital em empresas de grande nome em Portugal, tais como Galp (€GALP.LS), NOS (€NOS.LS) e EDP (€EDP.LS). No seguimento, apresenta- se a tabela com as empresas que o índice engloba. 

Nesta segunda- feira, 04 de outubro, a meio da sessão, a Bolsa de Lisboa (€PSI20.LS) valorizou 0,78%, instalando-se em território positivo. No índice PSI, as 3 empresas em destaque, relativamente ao desempenho financeiro positivo, foram a NOS SGPS, EDP e GALP. A NOS SGPS registou os ganhos mais altos pertencentes ao índice, valorizando 3,71%. Em segundo lugar, encontra-se a EDP que valorizou 1,96% e, por último, a GALP com 1,89%. Em oposição, destaca-se negativamente a Greenvolt (€GVOLT.LS), que foi a empresa que apresentou mais perdas no índice com 1,98% de desvalorização, e a Jerónimo Martins (€JMT.LS), que desvalorizou menos significativamente, com perdas de 0,42%. 

As razões fundamentais pelas quais o PSI foi lançado são: garantir suporte à negociação de contratos de futuros/opções e servir de indicador da evolução do mercado acionista português. Assim, conclui-se que este índice é extremamente relevante para demonstrar aos investidores o desempenho das empresas de capital aberto em Portugal. 

A composição do índice é fixo de empresa para empresa, pelo que cada participação é baseada no volume de negociações das suas respectivas ações em bolsa. Cada empresa pertencente a este índice participa apenas com um percentual máximo de 20%.

As principais bolsas europeias permaneceram em região negativa. O IBEX 35 (Espanha) anotou uma queda percentual de 0,02%, o DAX (Alemanha) de 0,53%, o FTSE 100 (Reino Unido) de 0,56% e o CAC 40 (França), sendo o índice com pior performance, apresentou uma desvalorização de 0,87%.

As empresas responsáveis pelo bom resultado do índice português (NOS, Galp e EDP), constituem-se como uma porção importante do índice PSI, relacionando-se diretamente com a sua performance. Por esta razão, é imprescindível que os investigadores analisem, macro e microeconomicamente, as mesmas.

Autor: Bernardo Matos

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img