Preço do petróleo volta a subir com abrandamento da pandemia

Se por um lado o impacto da pandemia Covid-19 arrastou consigo demasiados constrangimentos, começa agora a notar-se que é possível um retorno à normalidade. As perspetivas para uma economia mais equilibrada e forte começam a fazer-se sentir e o aumento do preço do petróleo é um facto evidente, que demonstra que aos poucos poderemos atingir a prosperidade de outros tempos. 

As notícias que vão surgindo em relação ao Covid-19, dão conta de que as restrições à mobilidade das pessoas um pouco por todo o mundo começam a ser aliviadas, algo que segundo Giovanni Staunovo, analista da UBS, diz fazer disparar o preço por barril e assim estabilizar e recuperar a valia do petróleo.

Foi no dia de ontem, terça-feira dia 22 de Fevereiro, que se verificaram algumas subidas significativas e que deixaram como é o caso do petróleo Brent a 65,86 dólares por barril, preço este que reflete um crescimento de 0,95%. Nos Estados Unidos da América o petróleo crescia de igual modo, no entanto de forma menos acentuada apresentando um valor de 62,25 dólares o que em percentagem significou um aumento de 0,89%.

De salientar que nem tudo é de louvar e para aqueles que, possivelmente, se perguntam e duvidam mais destes resultados tão positivos, existem analistas que nos dizem que estão a haver algumas projeções demasiado confiantes e que por si só podem estar a inflacionar estes números. 

Após superada a tempestade de neve vivida nos últimos dias no estado do Texas, é natural que se comece a notar uma volta à normalidade em termos de preços, visto que, até então e devido à neve, as refinarias se encontravam a trabalhar a um ritmo mais baixo. 

Este cenário referente às refinarias é algo que se começa a salientar um pouco por toda a Europa, muito devido à acentuada diminuição de casos de covid-19 e que permite, progressivamente, ir recuperando ritmos de trabalho semelhantes aos que se praticavam antes do coronavírus.

Autor: André Moreira

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Artigos Relacionados

spot_img