O orçamento que pode marcar o regresso a um período negro

O Ministro das Finanças do Reino Unido, Jeremy Hunt, apresentou esta semana no Parlamento um orçamento que prevê não só o aumento dos impostos, como também o corte nos gastos públicos, o que pode significar o regresso a um período de austeridade. As previsões económicas oficiais do governo britânico não são animadoras, muito por força do Brexit e da resposta do governo à pandemia de covid-19.

Novo primeiro-ministro promete resolver “caos económico”

Rishi Sunak, primeiro-ministro britânico que assumiu o cargo há apenas três semanas, comprometeu-se a resolver o “caos económico”, criado pela sua antecessora, Liz Truss. E que caos é esse? O “mini-orçamento” apresentado pela antiga primeira-ministra Liz Truss previa um corte de impostos, sem acautelar nenhuma forma de o financiar, o que originou um buraco de cerca de 228 mil milhões de euros. Este evento conduziu ao colapso da libra, o que obrigou à intervenção do Banco de Inglaterra.

Prioridade máxima: Enfrentar a inflação

O Ministro das Finanças, Jeremy Hunt, garantiu que enfrentar a inflação é a sua principal prioridade, servindo como guia para todas as decisões duras sobre impostos e gastos que terá obrigatoriamente de tomar. De ressalvar que a inflação no Reino Unido, atingiu os 11,1%, valor recorde dos últimos 41 anos. 

Ebenezer Scrooge, do livro “Um conto de Natal”, de Charles Dickens

Jeremy Hunt, Ministro das Finanças britânico, comparou-se a Ebenezer Scrooge, a personagem avarenta do livro “Um conto de Natal”, de Charles Dickens, após ter proferido a frase “Vamos todos pagar um pouco mais de impostos, tenho pena”. Tendo em conta a situação atual do Reino Unido, estaremos perante uma comparação correta?

Recessão no Reino Unido

O Reino Unido encontra-se atualmente já em recessão, tendo visto a sua economia decrescer no terceiro trimestre deste ano, estando prevista que a mesma ainda se contraia mais nos últimos três meses de 2022. Segundo o Banco de Inglaterra, a recessão irá durar pelo menos até meados de 2024. 

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Artigos Relacionados

spot_img