NOVO AEROPORTO DE LISBOA: Governo é quem toma a última decisão

spot_imgspot_img

António Costa considera sentir o mesmo que  Luís Montenegro em relação ao alcance de um acordo sobre a localização do novo aeroporto, admitindo que Santarém é uma possibilidade bastante viável.

Contudo, se não houver um consenso é o primeiro ministro quem toma a decisão final, dizendo mesmo “Se não houver acordo (com o PSD) é a vida. Quem tem maioria (absoluta) tem de usar a maioria [absoluta]”

Durante a VI Cimeira do Turismo Português, António Costa afirmou: “Não posso responder pelo líder da oposição, mas tenho a certeza que, de facto, será possível entendermo-nos sobre a metodologia. Será o primeiro passo decisivo para termos uma decisão final… Nestes meses verifiquei sempre vontade do líder da oposição de conseguir um acordo” 

O primeiro-ministro disse esta terça-feira que dia 29 vai ser o dia em que aprovarão o conjunto inicial de diplomas do processo para a decisão do novo aeroporto de Lisboa, alterando os poderes dos municípios sobre os aeródromos de interesse nacional.
O Conselho de Ministros “vai aprovar uma resolução que definirá a metodologia para a realização e prazo sobre a avaliação ambiental estratégica (AAE), quer também a proposta de lei que vai permitir ao Parlamento definir adequadamente as competências dos municípios em matéria de licenciamento de aeródromos”, acrescentando ainda “Terão competências vinculativas para os aeródromos das classes 1,2 e 3, mas não para os aeródromos de categoria 4. Ou seja, sendo infraestruturas de interesse nacional os municípios são tidos em conta, mas não podem obviamente condicionar uma decisão que é para todos o país”.

Autor: Sara Nobre

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img