Netflix perde um milhão de subscrições em Espanha

Segundo um estudo feito pela consultora Kantar, mais de um milhão de assinantes residentes em Espanha cancelaram a sua subscrição Netflix durante o primeiro trimestre de 2023.

Alerta já tinha sido dado

Tal como mencionado pela Meu Capital aquando do anúncio da Netflix acerca das contas partilhadas, uma das principais consequências desta nova funcionalidade poderia ser mais cancelamentos das subscrições devido ao pagamento de taxa ou obrigatoriedade de pagar uma conta individualmente, o que se tem vindo a verificar.

Num ano em que os custos de vida e as taxas de juro estão a aumentar, a par da inflação, seria difícil para a plataforma esperar mais lucro desta funcionalidade.

Números preocupantes 

Foi em fevereiro que a plataforma de streaming de filmes e séries anunciou que iria combater a partilha de contas em Espanha e em Portugal. Desde então só passou a ser possível partilhar a conta se for assinante dos seguintes pacotes: Standard, que custa 11,99 euros por mês; ou Premium, que custa 15,99 euros. Para o fazer de forma regular, terá de “adicionar um membro extra” à conta, por mais 3,99 euros

A taxa de abandono da plataforma durante o primeiro trimestre de 2023, segundo a Kantar, foi quase o triplo em relação a janeiro, fevereiro e março de 2022. 

Nestes três primeiros meses do ano, a Netflix perdeu especificamente 200.000 subscrições de todas as partes do planeta. 

Estes números devem-se essencialmente à interrupção do compartilhamento de contas. Dos milhões de assinantes residentes na Espanha que cancelaram a assinatura, metade diz à Kantar que não retornará, o que é um número preocupante e faz soar os alarmes da produtora de filmes e séries.

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img