Método 50-15-35

Quem não gosta de saber poupar dinheiro?
Todos nós gostaríamos de ter uma vida em que pudéssemos desligar o interruptor das preocupações financeiras e apenas viver a vida de uma forma relaxada a nível financeiro (e não só).

Apesar da teoria ser muito mais fácil que a prática, hoje vamos ensinar-vos uma técnica muito conhecida nas finanças pessoais sobre como poupamos dinheiro e conseguirmos ser financeiramente livres.

Esta técnica tem o nome de “método 50-15-35” e irá ajudar a guardar dinheiro para concretizar os nossos objetivos pessoais.

De que se trata este método?

Antes de qualquer explicação, é importante frisar que esta técnica não te vai salvar se tiveres em situações de maior aperto financeiro nem vai fazer com que financeiramente fiques mais rico.

Apenas te vai auxiliar a saber controlar mais as tuas finanças e como podes gerir melhor as tuas despesas/gastos bem como hobbies.

A regra dos 50-15-35 consiste numa divisão de renda mensal, onde cada número representa uma percentagem que será destinada para cada uma de suas despesas.

Para isso, categorize-as em gastos essenciais, prioridades financeiras e estilo de vida. Nesse sentido, veja como ficam as divisões:

  • 50% para gastos essenciais;
  • 15% para prioridades financeiras;
  • 35% para estilo de vida.

Gastos essenciais

Aqui, terás de definir o que são, para ti, gastos essenciais desde o pagamento da renda da casa quando aplicável, o pagamento da luz, água, as compras no supermercado, etc.

O ideal é que os gastos essenciais ocupem 50% do seu orçamento. Caso o seu consumo seja menor que 50%, você pode passar para outras áreas como as que iremos apresentar de seguida.

Contudo, caso identifique que esses gastos consomem mais que 50% das suas despesas mensais, o objetivo é reorganizar, sempre que possível, as suas contas e rever o seu padrão de vida.

Prioridades financeiras

Nas prioridades financeiras fazem parte aquelas dívidas que nós temos de saldar.

Caso não tenhas nenhuma, podes usar esses 15% em investimentos, por exemplo, uma vez que “o dinheiro hoje vale mais que amanhã, porque com o de hoje, podes ter um retorno superior ao de amanhã”.

Estilo de vida

Gastos com restaurante, cinema, ginásio, entre outros produtos e serviços relacionados à diversão e bem-estar, devem receber 35% do seu orçamento.

No entanto, é importante destacar que essas despesas são secundárias e precisam vir depois dos gastos essenciais e prioridades financeiras. Ou seja, paga as contas, salda as tuas dívidas e depois é que deves pensar nestes 35%.

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img