fbpx

Mercados mais loucos que na bolha das dotcom

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Charlie Munger, braço direito de Warren Buffett, afirma que o atual estado dos mercados é ainda mais louco do que a bolha das dotcom do final dos anos 90 e revela ainda o desejo de as criptomoedas não terem sido inventadas.

Charlie Munger, vice-presidente da Berkshire Hathaway ($BRK-A), conselheiro de Warren Buffett e um dos nomes mais respeitados do mundo dos investimentos, tendo uma fortuna avaliada em 2,2 mil milhões de dólares, esteve presente numa conferência online promovida pela empresa australiana de investimentos Sohn Hearts & Minds ($HM1.AX).

Nesta conferência Munger abordou vários temas, tendo sido uma grande fração da mesma sobre a comparação do momento dos mercados atuais com os da altura da bolha dotcom.

Munger afirmou, “O boom das empresas dotcom foi o mais louco em termos de valorização de mercado, mas de maneira geral, o momento que estamos a passar agora é ainda mais louco que o final dos anos 90. Hoje tem de se pagar muito por boas empresas, reduzindo assim os seus retornos futuros.”

Para além deste tema da bolha, Munger não pode deixar de realçar a questão das criptomoedas, às quais se opõe completamente, elogiando a China por ter colocado um travão nas mesmas, banindo-as. 

Acrescentou ainda em relação a este tópico que as mesmas nem deviam ter sido criadas e que os Estados Unidos deviam ter avançado com uma decisão como a dos chineses, colocando assim fim às moedas digitais.

Munger ainda teve tempo de criticar a geração dos millennials, a quem chamou de peculiares e egocêntricos.

Foi ainda reservado algum tempo desta conferência para se falar de Elon Musk. Munger diz que Musk se acha mais capaz do que realmente é, e isso ajudou-o muito a chegar onde está hoje, terminando este assunto com a frase, nunca se deve subestimar um homem que se superestima.

Autor: Francisco Pires

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Últimas notícias

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img