Investidor que previu a crise de 2008 aposta na queda da Tesla

Michael Burry, o investidor que lucrou milhares de milhões ao apostar contra hipotecas bancárias durante a crise do subprime de 2008 e famoso por ser a base real para o congratulado filme The Big Short, abriu uma short position contra a Tesla ($TSLA) e aposta assim na sua queda. A empresa caiu 4% esta segunda-feira e acumula uma perda de cerca de 20% este ano, depois de ter crescido 740% em 2020. Esta recente volatilidade está associada às polémicas declarações de Elon Musk sobre as criptomoedas Bitcoin e Dogecoin

A 31 de março deste ano, o fundo de Burry, o Scion Asset Management, detinha cerca de 534 milhões de dólares em put options, o equivalente a cerca de 800 mil ações da empresa, de acordo com um comunicado do SEC, o regulador do mercado norte-americano. Os valores associados a estes contratos e a data de validade não foram divulgados.

Sucintamente, uma put option funciona da seguinte forma: um investidor compra esta opção e fica com o direito de vender o ativo subjacente a um preço estipulado, dentro de um determinado prazo. Desta forma, apresentam-se como uma técnica de investimento bearish, pois o lucro com estas opções acontece quando o preço da ação desce, sendo que, caso não desça, a opção expira e o detentor não é obrigado a exercê-la, perdendo apenas o valor investido na sua compra. Resultados semelhantes poderiam ser obtidos com recurso a short selling, no entanto, uma put option tem a vantagem de poder ou não ser exercida, consoante a evolução do preço do título. 

Burry justifica esta decisão por uma aparente dependência da Tesla na venda de regulatory credits para gerar lucros. Estes créditos regulatórios são concedidos pelos governos a empresas que cumpram determinados objetivos ambientais, e, dado que são oferecidos e transferíveis, a empresa pode vendê-los a outros produtores, obtendo um lucro de 100%. 

Apenas no primeiro trimestre deste ano, a Tesla gerou cerca de 518 milhões de dólares com esta operação, sendo que, na totalidade, já lucrou cerca de 1,6 mil milhões de dólares. Com um maior número de produtores a conseguir eficiência na produção de baterias e veículos elétricos, deixará de conseguir vender esses créditos e poderá obter uma significativa redução das suas receitas. 

Michael Burry já deu provas do seu sucesso enquanto investidor, no entanto, no ano de 2020, a Tesla foi uma das empresas que mais fez perder quem apostou na sua descida. Será esta mais uma jogada de génio ou uma estratégia de investimento menos bem-sucedida? Só o tempo poderá dar uma resposta. 

Autor: João Rodrigues

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de dizer que vejo com muita regularidade as notícias do meucapital e na minha opinião estão a fazer um trabalho de excelência. Sobre a notícia, sim, só o tempo dirá se foi um bom ou mau investimento por parte do Michael Burry.

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img