Heineken com lucro de 2,6 mil milhões de euros em 2022

A empresa holandesa de cervejas Heineken apresentou em 2022 um lucro de 2,6 mil milhões de euros, o que representou uma queda de 19,3% face ao valor verificado em 2021. A Heineken justificou a quebra dos lucros em 2022, com o facto de em 2021 ter registado ganhos sem precedentes.

Receitas cresceram 30,4%

Já no capítulo das receitas, as mesmas foram objeto de um crescimento na ordem dos 30,4%, perfazendo um total de 34.676 milhões de euros. Em 2022, o volume de cerveja vendida da marca Heineken subiu 12,5%.

Ásia e Pacífico: regiões que registam maior crescimento

Tendo por base uma análise por região, é possível perceber que foi na Ásia e no Pacífico que a Heineken registou um maior volume de cerveja vendida, com um total de 33,4%. Em posição, África, Médio Oriente e Europa de Leste destacam-se pela negativa, tendo nestas regiões o volume de cerveja vendida da marca Heineken decrescido 2,7%.

Perspetivas para 2023

Para 2023, a Heineken espera que o seu resultado operacional cresça a um ritmo médio a alto de acordo com os pressupostos estabelecidos pela empresa, ou seja, entre os 5% e os 9%. Segundo a empresa, dois elementos a ter em conta e que podem influenciar o comportamento dos resultados da empresa são o ambiente macroeconómico e a menor confiança dos consumidores em determinados mercados. 

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img