Entenda a origem da disputa entre Taiwan e China

0
13
⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Após a ida de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, a Taiwan, abriu-se um precedente no que pode ser uma crise entre as duas maiores economias do mundo: EUA e China. Mas qual o motivo da disputa entre Taiwan e a China? 

Taiwan é uma ilha com 23 milhões de habitantes e uma forte economia. Localizada a cerca de 160 km da costa sudeste da China, a ilha foi por muito tempo controlada pelo país, até que formou um governo paralelo formado por opositores do comunismo de Mao Tse-tung. Assim, a China considera Taiwan uma província “rebelde”, enquanto Taiwan afirma ser independente desde 1949. 

A visita de Pelosi à ilha é a primeira de uma autoridade da Casa Branca em 25 anos, sendo que a China a vê como um sinal encorajador para o campo pró-independência da ilha. A presidente da Câmara justificou a viagem como um gesto de solidariedade americana para com Taiwain frente às agressões de Pequim e do Partido Comunista Chinês. Entretanto, a atitude diplomática americana é ambígua: ao mesmo tempo em que mantém relações com Taiwan, não apoia abertamente o governo da ilha, não a considerando um Estado independente.

Aparentemente, após a saída de Pelosi da ilha, as tensões entre os EUA e a China diminuíram, contudo, o mesmo não aconteceu entre Taiwan e o governo chinês. Ao menos 16 aviões de guerra da China invadiram a zona de defesa aérea de Taiwan na última terça-feira, dia 9 de agosto. O Ministro das Relações Exteriores da ilha disse que a China está a usar os exercícios militares que lançou em protesto contra a visita de Nancy Pelosi, como um plano de ação para se preparar para uma invasão.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, disse que o país está apenas a realizar os seus exercícios militares normais, de maneira aberta, transparente e profissional, e acrescentou que Taiwan faz parte do território chinês. 

A economia de Taiwan possui importância mundial já que grande parte dos chips de computador utilizados em equipamentos eletrônicos, como telemóveis e relógios, são fabricados na ilha. Porém, no caso de confronto militar, as Forças Armadas da China superariam em muito as de Taiwan, com um total de forças ativas chinesas de mais de 2 milhões ante 169 mil de Taiwan.

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui