Elon Musk quer criar plataforma para concorrer com o ChatGPT

Elon Musk, proprietário do Twitter e sobejamente conhecido pelas suas atitudes controversas, planeia entrar na área da Inteligência Artificial, encontrando-se atualmente a contratar engenheiros informáticos com o objetivo de criar uma plataforma capaz de rivalizar com o ChatGPT. 

Menos restrições ao nível do conteúdo

De acordo com a informação veiculada pelo portal The Information, o qual cita três fontes distintas, Elon Musk tem como objetivo que o seu “chatbot”, tenha menos restrições a nível de conteúdo comparativamente com os seus concorrentes.  Elon Musk quer abolir as restrições de conteúdo relativas a questões de ordem polémica como a política, a raça ou o sexo.

Para este efeito, Elon Musk já procedeu à contratação de Igor Babuschkin, o qual acaba de abandonar a unidade de Inteligência Artificial da Alphabet e é especialista no desenvolvimento de pautas de aprendizagem para máquinas, com o intuito de as tornar chats mais elaborados e credíveis.

Liberdade de discurso: uma das opiniões controversas de Elon Musk

A existência de menos restrições a nível de conteúdo constitui um elemento de obsessão para Elon Musk, o qual tem frequentemente acusado os meios de comunicação tradicionais, como é o caso dos jornais e das televisões, de terem deixado de lutar pela liberdade de discurso optando por serem submissos perante as restrições e a censura ao livre discurso.

ChatGPT

Elon Musk foi um dos fundadores da OpenAI, responsável pelo desenvolvimento do ChatGPT, todavia abandonou a empresa em 2018 para evitar possíveis conflitos de interesse, já que a Tesla se encontrava a trabalhar também na Inteligência Artificial.

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Receba o ebook "Os primeiros investimentos" GRATUITAMENTE

Basta carregar no botão abaixo

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img