EAU: semana de 4 dias de trabalho?

Os Emirados Árabes Unidos decidiram instituir uma semana de trabalho de quatro dias, depois de terem alterado o seu fim de semana de sexta-feira e sábado para sábado e domingo.

Este anúncio foi feito na última terça-feira, dia 7 de dezembro, pela agência de notícias oficial WAM. Foi ainda comunicado que os habitantes dos Emirados terão mais meio dia de descanso na tarde de sexta-feira – dia da grande oração semanal nos países muçulmanos. Desta forma, a federação que reúne os sete emirados vai tornar-se o único país do Golfo com um fim de semana alinhado com os países fora do mundo árabe.

De acordo com a WAM, “Os Emirados Árabes Unidos são a primeira nação do mundo a introduzir uma semana de trabalho nacional mais curta do que a semana global de cinco dias”. 

A ideia não é nova mas a pandemia da COVID-19 veio dar-lhe uma nova força. A semana de quatro dias de trabalho está novamente a ser equacionada em vários países, que começam a tomar posições mais demarcadas em relação à redução dos dias laborais. A Islândia já testou e, em Espanha, no Japão e na Nova Zelândia esta mudança está a ganhar força junto de empresas e governos. Em outubro deste ano, também o Governo belga concordou em votar na introdução de uma semana de trabalho de quatro dias por todo o país.

Nos Emirados, esta “semana nacional de trabalho” passa a ser obrigatória para o setor público a partir de janeiro. Deste modo, passa também a ser possível optar pelo teletrabalho na sexta-feira. De acordo com a WAM, “Este fim-de-semana prolongado faz parte dos esforços do Governo dos Emirados Árabes Unidos para melhorar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional (…) e também para aumentar o desempenho da competitividade económica do país”.

Segundo os defensores desta forma de organização do trabalho semanal, a maior flexibilidade e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional são as maiores vantagens do modelo. No que toca à produtividade, as opiniões divergem: enquanto que, para uns, uma semana mais curta de trabalho pode levar a um aumento do desempenho dos colaboradores, para outros,  esta redução do horário laboral originaria uma quebra.

Autora: Carolina Miguel Ferreira

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias

Artigos Relacionados

spot_img