fbpx

Coinbase fecha negócio com bolsa de futuros

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Segundo o comunicado da empresa apresentado esta semana, dia 12 de janeiro, a Coinbase ($COIN) prepara-se para adquirir a FairX. A bolsa de futuros apenas iniciou atividade no ano passado, no entanto é já uma entidade regulamentada e aceite pela US Commodity Futures Trading Commission (US CFTC).

Como é possível verificar através da declaração da Coinbase, esta aquisição faz parte do plano de trazer derivados de criptomoedas regulamentados para o mercado, o que inicialmente será feito através do ecossistema de parceiros estabelecido pela FairX. A empresa acrescenta ainda que, a longo prazo, planeia aproveitar a infraestrutura providenciada pela FairX para tornar acessível a todos os clientes da Coinbase derivados de criptomoedas.

O timing associado a esta aquisição também é relevante para o contexto do negócio, visto que outras bolsas financeiras de ativos digitais têm vindo a oferecer certos serviços neste segmento de mercado. Estas empresas incluem a CME Group ($CME) e a FTX US, sendo que o último adquiriu uma plataforma de derivados, a LedgerX, no ano anterior à aquisição da Coinbase. Fora dos Estados Unidos, a Binance já  apresenta serviços semelhantes aos seus clientes, permitindo a troca de futuros e opções ligados a ativos digitais, como criptomoedas.

Olhando em maior detalhe, a empresa adquirida com base em Chicago faz listagem de contratos de futuros que seguem índices de ações e petróleo. O seu lançamento veio com o objetivo de tornar o investimento em derivados mais simples e acessível ao investidor ativo individual. De forma a cumprir o proposto, a FairX foi, desde o seu lançamento, apoiada por vários corretores e empresas de trading.

A convicção da Coinbase é que o desenvolvimento de um mercado transparente de derivados é essencial para qualquer classe de ativos e será um ponto importante para aumentar a participação na nova economia das criptomoedas.

No entanto, produtos que incluam derivados têm atraído uma preocupação crescente por parte dos reguladores, dada a facilidade com que um investidor individual fica exposto a perdas elevadas. No Reino Unido já houve necessidade de intervenção, o que resultou na proibição de venda de derivados a investidores de retalho, por parte da UK Financial Conduct Authority.

O negócio deverá ficar concluído no final do primeiro trimestre de 2022 e, apesar de não existir qualquer informação quanto aos valores, as ações da Coinbase subiram 1,2% na passada quarta-feira, dia 12 de janeiro.

Autor: Miguel Nogueira Rodrigues

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoinBitcoin
$ 29,600.00
$ 29,600.00
0.77%
ethereumEthereum
$ 1,965.68
$ 1,965.68
1.24%
xrpXRP
$ 0.412959
$ 0.412959
0.89%
cardanoCardano
$ 0.525031
$ 0.525031
2.18%

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img