• bitcoinBitcoin (BTC) $ 62,785.00 1.14%
  • ethereumEthereum (ETH) $ 3,469.08 1.11%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.627670 0.97%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.726430 2.19%
  • dogecoinDogecoin (DOGE) $ 0.150957 5.92%
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 9.62 3.79%
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 20.52 4.32%
  • uniswapUniswap (UNI) $ 12.67 1.2%
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 465.53 2.64%
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 90.99 0.85%
  • stellarStellar (XLM) $ 0.133895 0.77%
  • theta-tokenTheta Network (THETA) $ 2.40 13.35%

Bitcoin consome menos de metade da energia das indústrias bancárias ou do ouro

Em menos de uma semana a Bitcoin ($BTC) perdeu 15 mil dólares devido ao recuo da Tesla ($TSLA) no que diz respeito à aceitação da Bitcoin como meio de pagamento. Tal deveu-se a preocupações ambientais por parte de Elon Musk, o CEO da Tesla, e ao que a Bitcoin consome de energia.

Um relatório de pesquisa lançado recentemente pela Galaxy Digital calculou a energia consumida pela rede Bitcoin e comparou os resultados com o sistema bancário tradicional e com a indústria do ouro, visto que a criptomoeda é frequentemente comparada ao ouro como ativo de reserva de valor. 

De acordo com o relatório, o ouro consome muito mais energia do que a Bitcoin e comparativamente, o sistema bancário tradicional consome mais energia do que a Bitcoin ou a indústria do ouro. 

Dada a transparência da moeda digital Bitcoin, torna-se mais “fácil” calcular o seu uso de energia, mas, segundo o relatório, não se pode afirmar o mesmo sobre o sistema bancário tradicional ou sobre a indústria do ouro.

A Galaxy Digital revelou que os bancos e o ouro consomem cerca de 263,72 terawatts-hora (TW/h) e 240,61 TW/h por ano, respetivamente,  enquanto a Bitcoin consome muito menos energia: 113,89 terawatts-hora por ano. Ou seja, em termos comparativos, o consumo total por parte dos bancos e de atividades de produção de ouro rondam os 500 TW/h, equivalente à mesma quantidade de energia que a Alemanha consome em 12 meses. 

Particularmente, no caso dos bancos, o relatório calculou, através de uma estimativa, a quantidade de energia necessária para manter o funcionamento de todo o sistema. Isto é, de caixas eletrónicas, agências, data centers bancários e emissores de cartões, são 263,72 TW/h, que equivalem, aproximadamente, ao consumo anual de energia de Espanha.

Por outro lado, a produção de ouro engloba a mineração, moagem, fundição e para este cálculo, os investigadores consideraram jóias e a utilização de aparelhos eletrónicos como emissões poluentes. Os 240,61, acima referidos, equivalem ao consumo anual da Austrália. 

A Galaxy Digital também mostrou que, por ano, cerca de 2,205 TW/h da produção mundial de energia são desperdiçados, o que corresponde a 19,4 vezes a produção da rede Bitcoin.

Finalmente, o relatório destacou que a grande quantidade de energia consumida pela Bitcoin protege a rede e faz com que esta se torne cada vez mais robusta.

Autora: Karishma Nilesh

spot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

spot_imgspot_img

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoin

Bitcoin (BTC)

$ 62,785.00
ethereum

Ethereum (ETH)

$ 3,469.08
xrp

XRP (XRP)

$ 0.627670
cardano

Cardano (ADA)

$ 0.726430

Artigos Relacionados

spot_img