Alemanha nacionaliza Uniper, o maior importador de gás russo

spot_imgspot_img

A Alemanha anunciou, na passada quarta-feira, que dispõe de um acordo para a nacionalização da Uniper, o maior importador de gás do país.

O Governo alemão, que já tinha fornecido um apoio, que se veio a revelar insuficiente perante a escalada de preços dos produtos energéticos e o agravamento da guerra na Ucrânia, vai, agora, proceder à nacionalização da Uniper, maior importador de gás natural do país. 

No início do segundo semestre deste ano, o governo alemão, liderado por Olaf Scholz, pretendia avançar para a aquisição de 30% do capital da Uniper. No entanto, perante a conjuntura internacional que se vive, o executivo alemão vê-se agora forçado a concretizar a nacionalização da empresa alemã. 

O acordo para a nacionalização da energética Uniper foi formalizado esta terça-feira. 

Para além da nacionalização da empresa, o executivo alemão irá proceder à injeção de mais de 8 mil milhões de euros na empresa, o que, num balanço agregado, faz com que o valor total do resgate financeiro usado para estabilizar a Uniper se situe em, pelo menos, 29 mil milhões de euros.

O acordo para a nacionalização da Uniper ainda carece de aprovação por parte da Comissão Europeia.

56% do capital da energética é detido pela empresa nórdica Fortum, que avança, em comunicado, que no acordo com o governo alemão estão subjacentes 500 milhões de euros para a aquisição do capital detido pela finlandesa.

O ministro da economia alemão, Robert Habeck, justifica o acordo e o avanço para a nacionalização da Uniper através do elevado grau de importância que a empresa representa no mercado alemão do gás, sendo responsável pelo fornecimento de cerca de 40% de todos os clientes de gás na Alemanha.

O regulador da rede energética da Alemanha passou, também, a gerir a antiga filial alemã da Gazprom – empresa russa de gás -, já em abril deste ano, o que se revelou, por parte do Governo, uma necessária, após o corte abrupto no fornecimento de gás por parte da companhia-mãe controlada pelo Kremlin.

spot_imgspot_img

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
spot_imgspot_img

Artigos Relacionados

spot_img