fbpx

A inflação veio para ficar? Subida dos salários nos EUA levanta a dúvida

⏱️ Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A inflação tem, nos últimos tempos, ganhado relevo no espaço de debate público, devido ao crescimento que se tem vindo a verificar, transversal a diversos países. Nos Estados Unidos da América, está a crescer para os níveis mais altos dos últimos 30 anos. A acrescentar a isto, dados de Setembro referentes às remunerações dos norte-americanos, demonstram uma subida dos salários, o que poderá vir a contribuir para um prolongamento temporal do atual nível de inflação.

No mês de Setembro, o pagamento horário subiu, novamente, contribuindo para um incremento que vai já em 4,6%, quando em comparação com dados do último ano. Este crescimento é o mais elevado desde a década de 70, onde também se registava uma elevada inflação, que contribuiu para uma grande subida nessa altura.

A falta de mão de obra que assola a economia americana é apontada como uma das razões para a subida dos salários, considerando que, segundo o economista do Citigroup Andrew Hollenhorst, “as empresas pagam salários mais elevados e aumentam as horas de trabalho”, fazendo assim face à incapacidade de captar novos trabalhadores.

Na opinião de outros economistas, como Joseph LaVorgna, a confluência de diversos problemas que também afetam as economias globais, como por exemplo, as falhas ao nível da supply chain, poderão constituir o terreno fértil para a manutenção dos níveis atuais de inflação.

Recorde-se que Jerome Powell, o presidente da Reserva Federal, afirmou recentemente que acredita que existirá um alívio da inflação no primeiro semestre de 2022.

Apesar disso, a dúvida no que concerne à duração do atual panorama da inflação, tem-se instalado nos mercados, principalmente pela pressão que se faz sentir, e que não dá mostras de ser transitória, ou capaz de ser resolvida a curto-prazo.

São várias as vozes que divergem do otimismo demonstrado pela Reserva Federal, como demonstrado por economistas do Citi Research, que numa nota aos seus clientes referenciaram que a inflação perduraria mais do que aquilo que era previsto pela Reserva Federal, e disso não se pode dissociar o cenário de subida de salários que se tem verificado.

Autor: Paulo Pereira

DEIXA UM COMENTÁRIO

Por favor, envie o comentário!
Por favor, escreva o seu nome aqui

Últimas notícias

Subscreve a nossa Newsletter

Com o resumo das nossas notícias
bitcoinBitcoin
$ 60,875.00
$ 60,875.00
3.79%
ethereumEthereum
$ 4,168.46
$ 4,168.46
1.88%
binance-coinBinance Coin
$ 481.00
$ 481.00
1.31%
xrpXRP
$ 1.11
$ 1.11
1.15%
cardanoCardano
$ 2.15
$ 2.15
0.37%

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img